terça-feira, 15 de junho de 2010

Doce Presença



Sinta minha presença,
em cada folha de árvore que cai em ti.
sinta-me,
quando o sol queimar tua pele....
sinta-me,
quando a chuva molhar teus cabelos...
sinta-me,
quando a brisa tocar seu rosto...
sinta
meu abraço,meu beijo,no orvalho
que te ilumina...

MARIA ISABEL

2 comentários:

  1. maravilhoso esse poema!
    parabens
    beijos em seu lindo coração

    ResponderExcluir
  2. Que poema mais profundo!
    Inebria a alma.
    bjos

    ResponderExcluir