terça-feira, 27 de outubro de 2009

Desenhos de Amar

O amor é uma coisa tão linda e tão inexplicável!
Ele acontece sem que a gente perceba.
E toma conta do corpo e da alma,
numa fúria mansa que nos faz estrecemer.

A cada dia este amor se move e remove
em partículas que procuram o outro lado.
Não por cobrança , pois o verdadeiro amor não cobra.
Mas por um grão de areia que a cada dia cresce mais,
formando dunas imensas de invadir mares.

E o mar que encanta e com elas se econtra,
lambuza de formas os grãos fazendo desenho
sem delírio da natureza natural.
Assim o amor faceiro, livre e inteiro,
brinca em castelos como um artista.
E grita em ressaca e espuma:

Onde estará o desaguar do mar?
Que arte faço para ver o meu amor se desenhar?
Mas ciente de que a natureza nunca tem resposta;
mansamente, mesmo que saudoso, se cala.
E o grito que ecoa invade o universoe diz:
Vem amor!
Venha delirar o oceano do meu mar de amar!

Dj@.Poeta - DESENHOS DE AMAR -

Um comentário:

  1. lindas postagens..........Parabénsss


    Beijosss...............M@ria

    ResponderExcluir